Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
»  S.T.A.L.K.E.R. Horror of Chernobyl
Dom Maio 17, 2015 9:19 pm por kaguya

» O pequeno sam
Dom Maio 17, 2015 9:13 pm por kaguya

» The Rake: O sacrifício
Sex Maio 15, 2015 10:46 pm por kaguya

» The Rugrats
Sex Maio 15, 2015 10:38 pm por kaguya

» O quão alto você vai gritar ?
Sex Maio 15, 2015 10:35 pm por kaguya

» A culpa foi toda sua
Sex Maio 15, 2015 7:53 pm por Hyuuga

» Annabelle, a boneca do diabo
Qua Maio 13, 2015 9:22 pm por kaguya

» Eu sempre te observei - Podcast
Qua Maio 13, 2015 8:12 pm por Hyuuga

» The Beatles - A morte de Paul
Qua Maio 13, 2015 6:08 pm por kaguya

Parceiros
Acesse já!

Acesse já!


Go to Sleep parte II

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Go to Sleep parte II

Mensagem por kaguya em Dom Maio 10, 2015 10:28 pm

Enquanto corriam, olharam pra trás e viram o motorista do ônibus correndo para Randy e os outros. Eles correram até a escola, sem se atrever a contar qualquer coisa sobre aquilo. Apenas se sentaram e assistiram as aulas. Liu achava que tinha sido apenas seu irmão batendo em algumas crianças, mas Jeff sabia que era algo a mais. E era algo, algo assustador. Quando tinha aquele sentimento e via o quão poderoso era, a única coisa que desejava era machucar alguém. Ele não gostava como isso soava, mas não conseguia deter-se de se sentir feliz. Sentiu o sentimento estranho sumindo e não voltou pelo resto do dia na escola. Mesmo quando caminhava para casa devido à coisa toda, perto do ponto de ônibus e como agora provavelmente não pegaria mais o ônibus, sentiu-se feliz. Quando voltaram pra casa, seus pais perguntaram como tinha sido o dia deles, e ele disse com uma voz meio sinistra “Foi um ótimo dia”.


Na manhã seguinte, ouviu alguém batendo na porta da frente. Desceu as escadas e encontrou dois policiais na porta, com sua mãe olhando pra ele muito zangada.
“Jeff, esses policiais estão me dizendo que você atacou três crianças. E que não foi uma briga normal, que eles foram esfaqueados. Esfaqueados, filho!” Jeff olhou para o chão, mostrando para sua mãe que era verdade.

"Mãe, eles tinham facas e apontaram para Liu e para mim.”

“Filho,” disse um dos policiais, "Nós encontramos três crianças, duas esfaqueadas, outra com uma contusão no estômago e temos testemunhas de que você estava na cena. Agora, o que você tem para nos contar?” Jeff sabia que era inútil. Poderia dizer que ele e Liu tinham sido atacados, mas não havia provas de que não tinham sido eles que atacaram primeiro, não poderiam dizer que não estavam fugindo, porque verdade seja dita, estavam. Então Jeff e Liu não poderiam defender-se.
avatar
kaguya
Staff
Staff

Reputação : 11
Pontos : 1874
Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/05/2015
Idade : 22
Localização : Osaka

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum